GeoLab

SHRIMP é o acrônimo para Sensitive High-Resolution Ion MicroProbe e refere-se a uma microssonda iônica desenvolvida na década de 70 por pesquisadores da Research School of Earth Sciences (Australian National University), hoje comercializada pela Australian Scientific Instruments Pty Ltd. (ASI) / Dunyi (Beijing) Technology Development Co. Ltd (DTDC).

O GeoLab SHRIMP foi criado através do consórcio FAPESP-Petrobras com objetivo de instalar a primeira microssonda iônica na América do Sul dedicada a estudos geocronológicos. A versão instalada é a SHRIMP IIe/MC onde “II” significa second generation, “e” significa extended e “MC”, multicollector. Detalhes sobre a instrumentação e procedimentos analíticos estão descritos em Sato et al. (2014) (https://doi.org/10.5327/Z1519-874X201400030001).

O GeoLab SHRIMP dá suporte analítico a inúmeros projetos científicos desenvolvidos no âmbito acadêmico e de interesse do setor produtivo, notadamente empresas relacionadas ao setor de mineração e óleo e gás. Como contribuição importante à pesquisa na área da geologia básica, destaca-se a parceria contínua com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

Como os laboratórios do CPGeo, o GeoLab SHRIMP tem caráter multiusuário. Informações sobre a submissão de projetos para uso podem ser acessadas via os e-mails glshrimp@usp.br e projetoscpgeo@usp.br.

Diretor – Prof. Colombo C. G. Tassinari

Responsável técnico – Dr. Kei Sato