Apresentação

A criação do CPGeo remonta a 1965 quando, por execução do decreto estadual Nr. 45.519 publicado em 17/11/1965, o então Laboratório de Geocronologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP passou a centro de pesquisa vinculado ao Departamento de Geologia e Paleontologia desta faculdade, nomeado Centro de Pesquisas Geocronológicas.

No início dedicado exclusivamente à aplicação de métodos radiométricos à datação de rochas e minerais, o CPGeo rapidamente expandiu seu escopo analítico para aplicar razões isotópicas (radiogênicos e estáveis) ao conhecimento de processos geológicos os mais diversos. A compreensão dos aspectos relativos à formação e evolução dos três grandes reservatórios do sistema Terra – Litosfera, Hidrosfera e Atmosfera, são hoje contemplados nos projetos científicos desenvolvidos ou apoiados pelo CPGeo. 

Buscando alinhar sua identidade nominal com o extensivo espectro de atuação nas Geociências e áreas afins, para muito além do campo exclusivo da Geocronologia, o ano de 2019 marca a redefinição do CPGeo como “Centro de Pesquisas em Geocronologia e Geoquímica Isotópica”, mantendo o acrônimo.

Várias mudanças internas vêm sendo implementadas, como a inclusão de novos pesquisadores ao quadro de membros efetivos, a implantação de um sistema de gestão da qualidade e automação no atendimento ao usuário, incentivo a patentes metodológicas e de materiais, e  parcerias formais com o setor produtivo. Nossos princípios estão fundamentados no contínuo investimento em qualidade dos serviços prestados, no forte engajamento com desenvolvimento tecnológico e inovação científica, e na capacitação de recursos humanos nas áreas específicas que atuamos.

A Diretoria